Pesquisar este blog

sábado, 28 de abril de 2012

Rua Mata - cavalos (Atual Rua Riachuelo)

  Bastante movimentada e revitalizada, a Rua do Riachuelo que é área residencial e comercial, acha-se ligada ao bairro de Santa Teresa geográfica e historicamente em suas tradições, ao mesmo tempo que era uma das mais importantes ruas da cidade. 
  Na segunda metade do século XVI, as padres jesuítas possuíam dois engenhos de açúcar: o 'Velho", n o local onde hoje se encontra a Igreja de São Francisco do Engenho Velho, na Rua São Francisco Xavier, e o "Novo", que deu o nome ao atual subúrbio de Engenho Novo.
  O acesso a eles se fazia através de um caminho que, saindo dos Arcos, contornava o Morro do Desterro (hoje Morro de Santa Teresa) e atingia a Lagoa da Sentinela (compreendendo até o atual largo onde se cruzam a Avenida Mem de Sá, a Rua Frei Caneca e a Rua de Sant'Ana), procurando a antiga aldeia de Martim Afonso, o Araribóia. Daí, a trilha seguia rumo aos engenhos e a São Cristóvão. Por esse motivo a atual Rua do Riachuelo, recebeu originariamente, as denominações de Caminho que vai para o Engenho Pequeno, Caminho para a Lagoa dos Sentinela e Caminho que vai pare São Cristóvão. No final do século XVII, à esquerda deste caminho, havia uma grande chácara que possuía uma bica para uso dos viajantes. Em conseqüência, passou a ser conhecido como Caminho da bica. Tortuoso, cheio de barrancos e atoleiros que dificultavam a passagem dos animais e muitas vezes os matavam, o Caminho da Bica mudou seu nome para Caminho de Matacavalos. Em 1848, de estrada passou a ser rua. Tendo sido substituída aquela primitiva bica por um chafariz, em 1772, e sendo dotada de um outro, construído em 1817 por Paulo Fernandes Viena, além de ter sido aberta em terrenos altos e secos quando a maioria das ruas cariocas se constituía ainda em verdadeiros pantanais logo se transformou a Rua de Matacavalos numa das preferidas da gente rica ou fidalga.   Caracterizava muito bem a vida urbana dos anos 800, no Rio de Janeiro. De tal modo que Machado de Assis faz-lhe várias referencias em suas obras, localizando nela, entra tantos personagens, Capitu, a protagonista de Dom Casmurro, um dos mais discutidos romances da literatura brasileira.
  Em 4\7\1875, numa homenagem "aos feitos brilhantes da armada nacional no dia 11 de junho nas águas do Paraná", durante a Guerra do Paraguai, a Câmara Municipal propõe a mudança do nome da Rua de Matacavalos para Rua Riachuelo.
  Bastante ligada à vida do antigo Morro do Desterro, a Rua Riachuelo tem suas tradições e histórias. Antes dos bondes sobre os Arcos, era por ela que melhor se subia a Senta Teresa. Na altura da Rua Francisco Muratori de nossos dias, inaugurou-se, em 1883, um elevador pare Paula Matos, servido por uma torre de 38 m. Nas suas proximidades na Ladeira do Castro, ficava a estação do plano inclinado do Engenheiro Januário Cândido de Oliveira. Na Rua Monte Alegre, onde morou e morreu o republicano Benjamim Constant, esquina com a Rua Riachuelo, o povo podia tomar banhos frios de cachoeira, numa casa famosa do Rio Antigo, com vasta chácara onde havia um pequeno jardim zoológico.
  Em 1870, Transferiu-se para a Rua Matacavalos definitivamente, o hospital da Ordem do Carmo, fundado em 1773. Na década de 30, surgiu o Hotel Victor, que tinha bastante luxo no estilo Art Déco e que hoje é residencial.
  O Clube dos Democráticos, fundado em 1867, agitava com seus bailes carnavalescos, funcionando até hoje, com vários outros eventos. Em sua frente ficava a Fábrica da Cerveja Antarctica. Na rua ainda funcionava a fábrica da Brahma.
  Local que dentre seus ilustres moradores, contou com Chiquinha Gonzaga e General Osório (Marquês de Herval), é uma via importante, ligando bairros da Zonas Norte ao Centro comercial e Zona Sul, passando pelo Largo da Lapa e Passeio Público. 

Foto da década de 50. Ao fundo os Arcos da Lapa e o Relógio com o nome da Mesbla 
Internet

Chafariz de 1817
Internet


Antiga Casa de Osório
Internet


Clube dos Democráticos
Internet


Nosso ponto de encontro na Rua Marquês de Pombal, 128 - Em frente ao Museu da PMERJ (prróximo a Rua Riachuelo), às 9h.

Reservas: fa.bf@hotmail.com - Fabio

2 comentários:

Capela do Menino Deus disse...

Dica de Igreja histórica nunca lembrada: Capela do Menino Deus Rua Riachuelo(Perto da Lapa)

https://www.youtube.com/watch?v=CrqkvZeVb8c

http://capeladomeninodeus.blogspot.com.br/p/historia.html

Capela do Menino Deus disse...

Dica de Igreja histórica nunca lembrada: Capela do Menino Deus (Perto da Lapa)

https://www.youtube.com/watch?v=CrqkvZeVb8c

http://capeladomeninodeus.blogspot.com.br/p/historia.html

Seguidores